App, Cibercultura

A memória pessoal torna-se pública? App Wallit e o registro virtual coletivo em lugares físicos

App permite deixar sua marca virtual em lugares físicos

Via Reuters (tradução Info)

Toronto – Imagine estar na Torre Eiffel e poder ver com seu celular inteligente mensagens e vídeos deixados pelos visitantes que o precederam.

Um novo aplicativo chamado Wallit combina realidade aumentada, uma visão virtual do mundo real que pode ser estendida por meio de recursos gráficos e outras formas de conteúdo, a uma experiência social.

O app permite que usuários postem e vejam conteúdo em paredes virtuais de locais populares, atrações turísticas como a Torre Eiffel, estádios de esportes e lojas.

“Imagine uma parede virtual que se estenda de um lado a outro da ponte Golden Gate, na qual as pessoas possam expressar seus sentimentos e deixar fotos, vídeos e até gravações de som persistentes no local, ainda que as pessoas que gerem o conteúdo mudem constantemente”, disse Veysel Berk, o fundador da Wallit.

O objetivo, disse ele, é registrar uma experiência humana cumulativa, em um local, que exiba o caráter daquele lugar ao longo do tempo.

“Queríamos transferir a experiência física de uma parede pública na qual todos possam ver conteúdo para a vida digital e virtual”, ele explicou.

Para manter a qualidade do conteúdo postado com o app, os usuários não poderão criar uma parede pessoal, o que garante que haja apenas uma parede por local, produzindo experiência comum para os visitantes. O conteúdo também precisa ser gerado e postado no local em que a parede virtual está instalada.

“Não se pode tirar uma foto da torre Eiffel e mais tarde postá-la na parede da Golden Gate. Garantimos que todo conteúdo seja criado genuinamente no local. Dessa forma, realizamos filtragem prévia de conteúdo e garantimos que o caráter de cada lugar e de cada momento esteja em exibição”, acrescentou Berk.

Haverá paredes virtuais disponíveis em todas as grandes cidades do planeta. Além de oferecer plataforma para que usuários postem conteúdo, a companhia também vê as paredes virtuais como meio para que o varejo se conecte com os consumidores em tempo real, e para que recolham dados sobre os consumidores.

“A Starbucks opera 15 mil lojas em todo o mundo. Vamos criar paredes em todas elas. Se a Starbucks quiser utilizá-las, permitiremos que o faça por assinatura. Poderão colocar seu logotipo, recolher dados sobre usuários e oferecer conteúdo nelas”, disse Berk.

A empresa também planeja veicular publicidade nas paredes. O App está disponível para o iOS e será lançado para o Android dentro de semanas.

Padrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s