Democracia, História

11/09 – Estados Unidos bombardeia o La Moneda, morre Salvador Allende

Post feito em 11 de setembro de 2011, nesse dia a ZH fez uma campanha tola e ideológica, explico abaixo. Hoje lembro novamente a morte de Allende, por sorte, ou fiasco do ano passado, a ZH não resolveu reconstruir as Torres Gêmeas. O post segue atual. Fale de Allende, fale do outro 11 de setembro, não deixe que o assunto seja apenas as Torres Gêmeas.

Atualizado 12:07

Em 11/09/1973, um outro 11 de setembro, os Estados Unidos dava a ordem para o bombardeio ao Palácio La Moneda, sede do governo democrático chileno, o presidente Salvador Allende e um pequeno grupo do MIR morrem.

Allende

Nesse 11 de setembro de 1973, os Estados Unidos através da CIA, com apoio dos militares chilenos, da burguesia e da Igreja Católica e o seu Partido Cristão, derrubavam uma democracia e colocavam em seu lugar o regime militar de Augusto Pinochet. O bombardeio cirúrgico era executado em conjunto com pilotos americanos.

Foram 17 anos de ditadura no Chile, 40 mil mortos, 3225 ainda estão desaparecidos.

Não vou renunciar! Colocado numa encruzilhada histórica, pagarei com minha vida a lealdade ao povo. E lhes digo que tenho a certeza de que a semente que entregamos à consciência digna de milhares e milhares de chilenos, não poderá ser ceifada definitivamente. [Eles] têm a força, poderão nos avassalar, mas não se detém os processos sociais nem com o crime nem com a força. A história é nossa e a fazem os povos. Viva o Chile! Viva o povo! Viva os trabalhadores! Estas são minhas últimas palavras e tenho a certeza de que meu sacrifício não será em vão. (Allende em 11 de setembro)

Hoje, 11 de setembro de 2011, através de uma campanha midiática de memória seletiva e sem precedentes, inclusive no Rio Grande do Sul, vide a campanha digital  #memorial1109 AQUI da Zero Hora, a política americana e seus seguidores tentam construir a lembrança de um único 11 de setembro, aquele em que um ataque terrorista de ex-aliados derrubaram o World Trade Center, matando 3 mil pessoas.

Triste sem dúvida, mas não incoerente com a história que os Estados Unidos propõem construir.

O ataque ao World Trade Center foi a senha para a “Guerra ao Terror” e a reeleição de Bush a presidência dos Estados Unidos, até hoje espera-se a tão prometida democracia no Afeganistão, Iraque e Líbia mais recentemente, desdobramento econômico/militar que usa de “um” 11 de setembro para se justificar.

#AllendeVive

Leia todo o último discurso de Allende feito pelo Rádio de dentro do palácio La Moneda AQUI. Escute o Discurso AQUI.

Um vídeo necessário de ser visto:

*Vídeo acima: 11 diretores foram convidados para fazer um filme sobre a queda das torres gêmeas em 11 de setembro. Essa é a brilhante contribuição de Ken Loach que traça um paralelo com um outro 11 de setembro.

Padrão

33 comentários sobre “11/09 – Estados Unidos bombardeia o La Moneda, morre Salvador Allende

    • Olá,
      De fato os Estados Unidos contribuiram na luta contra o nazismo, mas só após o ataque a Pearl Harbor.
      Convenhamos que o desiquilíbrio veio só com a entrada da União Soviética na guerra, em especial com a mudança de tática dada pelo general do exército vermelho Zukhov, quando traz as tropas russas da Ásia de volta para a Europa.
      Paradoxalmente são os mesmos que jogaram a bomba atômica em Hiroshima e Nagasaki, e DDT no Vietnã.
      Grato pelo comentário.
      Abraço,
      Lucio

    • Sim. E os germânicos e outros “bárbaros” livraram o mundo do domínio absoluto dos romanos. E, como bem respondeu o “relatividade”, os EUA “contribuíram”, talvez como novos bárbaros, mais uma raça não-ariana, com o combate ao nazismo. Muitos outros casos de tentativas de genocídio ocorreram na História (como o de Hiroshima e Nagasaki, por exemplo), mas apenas o Holocausto ficou como uma espécie de chavão mundial. Todo poder absoluto é uma ameaça.

      • Ademir disse:

        Ops, não foram “tentativas” de genocídio, foram realizações genocidas. As tentativas foram de limpeza étnica. E meu “holocausto” deveria estar entre aspas, porque, embora tenha ficado assim conhecido o massacre de judeus, a palavra não se aplica especificamente a esse caso. E não minimizo a agressão brutal praticada ali, apenas, que outros povos também cometeram barbáries não menos graves (como as do exemplo).

  1. Pingback: Um outro 11/09 « Compartilhando a Vida

  2. Pingback: Lembrando o 11 de setembro « Libertar a Mídia

  3. É uma grande coincidência! Aquele outro 11 de setembro, do ano de 1973, quase completamente desconhecido, também ocorreu numa terça-feira. Algum tempo depois, Orlando Letelier, que fora ministro do presidente democrático chileno Salvador Allende, derrubado pelos americanos, foi assassinado nos Estados Unidos. A mesma sorte tiveram os ex-presidentes brasileiros Juscelino Kubitschek, morto no dia 22 de agosto de 1976 na Via Dutra perto de Resende, em um acidente provocado; e João Goulart, envenenado em sua fazenda em Mercedes na Argentina, no dia 6 de dezembro de 1976. Quem quiser ver o diabo solto basta contrariar os interesses dos Estados Unidos e da Igreja Católica Romana!

  4. Anônimo disse:

    o museu da memória no Chile é um exemplo de aprender com a historia e não esquecê-la, nao é mesmo brasileiros??

  5. lisiane disse:

    aqui em Porto Alegre tivemos a comemoração dos 50 anos da Legalidade, a valentia de tentar manter a democracia deve ser lembrada sempre.

  6. Francisco Ramon disse:

    Ficaria melhor se você escrevesse com ajuda de parte da Igreja Católica. Nas Conferências de Medellin (1968) e depois em Puebla (1979), parte significativa da Igreja Católica opta pelos pobres e pelas causas sociais. E não foi por coincidência, a Igreja Católica ter sido a patrocinadora do Brasil Nunca Mais e de tantos religiosos terem sido mortos nos conflitos de terra nos interiores pelo Brasil (fora a ação das CEBs e etc). Nada justifica esses 2 episódios estúpidos da história humana, 11/09/1973 e 11/09/2001 são para lembrar com pesar e vergonha por tanta ignorância que ainda impera nas mentes humanas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s