Cibercultura, Mundo do Trabalho, Tecnologia

Em três anos a Fáustica FoxConn sumirá com seus trabalhadores.

Eles virão, você vai para onde?

Terry Gou, presidente da gigante Foxconn, anunciou ontem o prazo de 3 anos para aumentar o seu parque de robôs para 1 milhão de máquinas, a motivação segundo empresário “é cortar despesas trabalhistas e melhorar a eficiência” produtiva. Hoje a fábrica tem 10 mil rôbos na produção, o número deverá saltar para 300 mil até o fim de 2012, totalizando 1 milhão em 2014.

A empresa emprega 1,2 milhões de trabalhadores, sendo 1 milhão na China, todos esses postos de trabalho já estão ameaçados com a ampliação dos rôbos, ressalto que as condições de trabalho dessa empresa já não é exemplar, registrei isso em: “Na FoxConn dez trabalhadores industriais e “analógicos” se suicidaram” AQUI.

A Foxconn é a maior fabricante mundial de componentes eletrônicos, fornecedora da Apple, Sony e Nokia. No Brasil a empresa finaliza uma planta de produção para a fabricação de IPAD, a motivação principal veio com a entrada das tablets no programa de isenção de impostos “computador para todos” do Governo Federal.

Com informações da news.xinhuanet

PS – Tecnologia Fáustica foi um termo cunhado pelo sociólogo português Hermínio Martins em contraponto ao conceito de tecnologia Prometeica, na Fáustica, segundo Francisco Rüdiger analisando Martins, temos “uma figura cultural cujo poder tende a fugir do controle e, assim, a pôr em perigo a própria condição humana, ao converter-se em forma superior de heteronomia”.

Padrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s