Celso Pitta, Daniel Dantas, Gilmar Mendes, Movimentos Sociais, Naji Nahas, Polícia Federal, Polícia Militar, prisão, Quadrilha, Repressão, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Satyagraha, STF

Satyagraha III – Ministro Gilmar Mendes, Presidente do STF, critica a operação Satyagraha da Polícia Federal.

Rede Globo / Rede Globo

No Jornal Nacional de hoje, terça-feira, 8 de julho, logo após uma longa matéria sobre a operação Satyagraha da Polícia Federal, operação que levou para cadeia no início da manhã, Daniel Dantas, Naji Nahas, Celso Pitta e mais 17 figurões, os apresentadores do jornal, Evaristo Costa e Sandra Anenberg, citaram que o Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Gilmar Mendes (foto), criticará durante o dia a ação da Polícia Federal, teria dito o ministro: “De novo, é um quadro de espetacularização das prisões. Isso é evidente e dificilmente compatível com o estado de direito. Teve uso de algema abusivo. Tudo isto terá que ser discutido”. Acompanhando durante o dia algumas matérias sobre a operação, e vendo a noite as imagens, não vejo nada de “espetacularização”, apenas a plena execução da lei, por uma polícia preparada para seu dever em um estado democrático.

O que de fato é “dificilmente compatível com o estado de direito”, e que não recebeu nenhuma vogal ainda da atenção perspicaz do ministro, é a demonstração de despreparo da polícia carioca e gaúcha, onde a primeira metralhou inocentes em um carro por engano, mais AQUI. A segunda, tem de forma sistemática atentado contra o direito a manifestação no Rio Grande do Sul, mais AQUI. O mais engraçado, é que o ministro devia estar acompanhando o jornal, e ligado para a Globo no intervalo, no último bloco, Evaristo Costa salientou que o ministro não tinha criticado a ação, mas sim o método, enfim, está na mão do Ministro Gilmar Mendes, no dia de amanhã, conceder ou não habeas corpus ao Daniel Dantas, Naji Nahas e Celso Pitta.

Satyagraha – é um têrmo sânscrito composto por duas palavras: Satya, que pode ser traduzida como verdade; e agraha que pode ser traduzida como busca. Assim pode-se entender satyagrah como a “busca da verdade”, o “insistir pela verdade”.

Padrão

2 comentários sobre “Satyagraha III – Ministro Gilmar Mendes, Presidente do STF, critica a operação Satyagraha da Polícia Federal.

  1. Nelson Estevam disse:

    Aguarda-se que as manifestações contra o Gilmar Mendes tomem corpo Brasil afora, para que o país inteiro diga não à impunidade, sobretudo quando se toma em consideração o fato de que o chefe do supremo do Poder Judiciário dá a sua contribuição para que ela continue nos envergonhando e enchendo de indignação. Ele é rápido no gatilho para acatar um HC contra um ricaço como o Daniel Dantas. Duvido que tenha a mesma boa vontade com a legião de miseráveis que enchem as cadeias brasileiras.
    É lamentável que o sr. Gilmar Mendes integre o STF e, pior ainda, que se torne o seu presidente. É uma tristeza ter que aguentar um fanfarrão desses falando em respeito a lei e à dignidade humana. Haja hipocrisia.

  2. João Batista disse:

    Amigos, devo ser doente. Leio toda e qualquer bula de remedio e algumas decisões do STJ e STF, o suficiente para dizer o seguinte, se quisermos justiça, temos que exonerar a todos e começar do zero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s