Capitalismo, Cibercultura, Filmes, Reflexão, Software Livre, Tecnologia

P2p, Torrent, Deluge e um pedido de ajuda para vermos e divulgarmos a realidade que está no Working Man’s Death

Hoje comecei a baixar Working Man’s Death – torrent do filme (Clique aqui), no Coletivo Sabotagem – longa vida a esse coletivo libertário. Working Man’s Death – “A Morte do Trabalhador é um documentário sobre grupos de trabalhadores com profissões miseráveis e perigosas: os “heróis” de Donbass; os “fantasmas” das montanhas de Java; os “leões” nigerianos; os “irmãos” de Gaddani; os operários chineses de olhos postos no “futuro”… É claro o tom de denúncia das condições sócio-laborais absurdas às quais as sociedades de mercado submetem estes homens. Se o trabalho é sofrimento (trabalho / tripalium) é também forma de afirmação da força, da coragem, da dignidade, da capacidade de invenção e de auto-superação do ser humano, por mais essa união não esteja isenta de hierarquias ou conflitualidade”.

O arquivo que estou baixando é um torrent de 2cds – 1,36Gb, ao carrega-lo no meu Deluge percebi que só tem eu e outro(a) camarada baixando, para tanto o pedido do título do post, participem, baixem o torrent, carreguem em seu Deluge e disseminem esse filme. Aqueles que já baixaram, por favor voltem a semear. Mas como faço isso?

Para aumentar a troca de arquivos na internet livremente e ficar menos a mercê dos “ditos direitos autoriais” das gravadoras, estúdios de cinema, editoras, etc… e seus poderes paranormais junto ao “imparcial sistema judiciário” do Brasil e do mundo, a prática de uso de torrents sobre a tecnologia p2p veio a contribuir em muito, mas o que é p2p e um torrent? p2p é: “um tipo de comunicação ponto a ponto entre dois utilizadores da mesma rede, normalmente a Internet (…) o termo é utilizado para referir redes de partilha de ficheiros em que existe um servidor central que facilita a identificação dos utilizadores ligados mas no qual estes depois trocam dados diretamente entre si a partir do momento em que estabelecem uma ligação”;

Torrent são pequenos arquivos que qualquer um pode criar em seu computador, esses são um “pequeno apontador que contém: o nome do arquivo, tamanho, e o hash,a matrícula, de cada bloco do arquivo (que assegura aos utilizadores que o arquivo é o que o nome diz ser); o endereço do servidor “tracker” .

O Deluge é um programa livre para usuários linux que lê o torrent, existem similares para quem usa o Windows – uTorrent. Os programas para torrent fazem a conexão com o servidor inicial, conectando você e outras pessoas ao mesmo servidor e após entre sí, dessa forma, conforme vou baixando os arquivos que vem em pequenos pacotes, estou oferecendo os mesmos (que já baixei) aos demais da rede, ou seja, todos conectados distribuem e recebem partes do mesmo arquivo, dessa forma ele esta aqui, ali, em todo o lugar, quantas mais pessoas conectadas baixando, mais rápido será, um avanço frente aos antigos grandes servidores que disponibilizavam arquivos livremente como o audiogalaxy – estourado pela justiça a mando das gravadoras 2002 (em acordo com a RIAA este hoje oferece somente músicas liberadas pelas gravadoras). Após baixar o arquivo todo, é legal você seguir ajudando, deixando o arquivo ali “semeando” por mais um tempo. O programa se encarrega de agrupar os pequenos pacotes automaticamente para que você possa fazer uso dele. Então é isso, vamos lá?

Padrão

Um comentário sobre “P2p, Torrent, Deluge e um pedido de ajuda para vermos e divulgarmos a realidade que está no Working Man’s Death

  1. Pingback: A Casa Vazia de Kim-Ki-Duk. «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s