Capitalismo

Nuvens em Rio Grande

Domingo, dia de ir a Rio Grande cidade vizinha a Pelotas, almoçar com minha sogra, cunhado e tias, – na volta, saímos pelo Porto de Rio Grande, em determinado momento paramos o carro para Cíntia (companheira, bióloga, fotógrafa e militante ambientalista) bater umas fotos de algumas “nuvens” interessantes.

Foto 1

Foto 2

Foto 3

Como podem ver, não trata-se de nuvens, mas sim a poluição indústrial (dejetos nocivos expelidos sem custo privado ao indústrial – uma externalidade? seria isso?) que não cessa de aumentar em Rio Grande, são dezenas e dezenas de chaminés iguais a essas pela cidade, vale citar, que o odor também é muito forte no entorno. Uma vez em reunião com moradores das redondezas, ouvi falarem que tem dias que acorda-se com dor de cabeça, tem dias, que o odor é insuportável, bem como, a poluição faz arder os olhos.

Essa é a indústria que tanto alguns acham que não existe mais, mas que teima ser nosso modelo de desenvolvimento.

Fotos: Cíntia Barenho

Padrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s