Filosofia, Informação, Livros, Música, Pessoal

TRAGTENBERG me espanca, HESSE me intristece, WARSAW me conecta – enfim uma semana depressiva e tudo vai bem.

Cheguei da feira de Economia Solidária de Santa Vitória do Palmar no domingo. Essa semana foi muito “puxada” no meu trabalho, fazendo com que nas minhas horas de folga seguissem de certa maneira, aproveitadas para o mesmo, a saída para tal expressão – lazer=trabalho, foi dedicar-me na leitura da pedagogia libertaria do Maurício Tragtenberg – (para compor um documento interno que fiz), claro que, minhas horas de folga não foram apenas esse binômio (lazer=trabalho), a música é sempre presente no “toca discos” – teve por ali essa semana – Thimar do Anouar Brahem, Bukra do Rabih Abou Khalil ambos já citei no blog e não cansarei nunca de rememorar – mas essa semana escutei bastante também – o People’s spring dos poloneses Warsaw Village Band – O Warsaw é um esforço descomunal e qualificado de jovens poloneses na luta pela manutenção da tradição musical polaca. Nos intervalos das verdades do Tragtenberg me fui a literatura. As verdades não são poucas e pior (melhor) são fortes e vem como diretos:

“A autogestão pedagógica teria o mérito de devolver à universidade um sentido de existência, qual seja: a definição de um aprendizado fundado numa motivação participativa e não no decorar determinados “clichês”, repetidos semestralmente nas provas que nada provam, nos exames que nada examinam, mesmo porque o aluno sai da universidade com a sensação de estar mais velho, com um dado a mais: o diploma acreditativo que em si perde valor na medida em que perde sua raridade” – Tragtenberg.

A literatura também foi e é uma boa acompanhante – mesmo tendo muitas tarefas, nas horas que tive, comecei a aproveitar a gostosa escrita do Herman Hesse no livro “O Lobo da Estepe” um desenrolar atraente e de leitura ritmada – um tecer admirável da alma humana e do desencanto da vida burguesa. Na barra da direita coloquei uma citação do livro. E vamos que vamos, a semana prossegue agora já nos encaminhamentos mas, amanhã começa o II Encontro da Rede Bioma-Pampa – todo final de semana, vamos lá? A “coisa” não para.

Beijos a todos(as)
Lucio Uberdan

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s